Amadora garante refeições a famílias em situação de carência económica e sem qualquer outro apoio

A Câmara Municipal da Amadora garante o fornecimento de refeições confecionadas, aos agregados familiares que, devido ao estado de emergência nacional, se encontrem em situação de carência económica, e desde que não tenham qualquer tipo de apoio.

Estas refeições são levantadas na escola da área de residência.

O apoio é assegurado pelas cantinas escolares, que se encontram a funcionar durante a vigência do plano de contingência, sendo todos os casos avaliados pela equipa da Divisão de Intervenção Social da Autarquia.

Quarentena obrigatória com direito a entrega em casa

No que respeita aos agregados que estejam em quarentena obrigatória,

independentemente da sua condição económica, as refeições serão entregues ao domicílio pelas Juntas de Freguesia, ou por voluntários.

No entanto, estas famílias só terão direito a este serviço, caso não tenham qualquer tipo de apoio que lhes permita satisfazer estas necessidades.

Ação social escolar

A Câmara Municipal assegura ainda a prestação de apoios alimentares a alunos beneficiários dos escalões A e B da ação social escolar (art. 9.º n.º 4 do Decreto-Lei n.º 10-A/2020).

De acordo com o recenseamento de necessidades efetuado pelos Agrupamentos de Escolas, as refeições serão fornecidas diariamente, no estabelecimento de ensino e horário indicados por cada escola, em regime de "take away", devendo para o efeito o beneficiário munir-se de recipiente adequado para o acondicionamento e transporte da refeição.