Elias e Gil fora do Estoril Open, Pedro Sousa resiste a Gilles Simon

O tenista português Pedro Sousa qualificou-se para a segunda ronda do Estoril Open, ao derrotar o francês Gilles Simon, antigo número seis mundial, em três 'sets'. Por sua vez, Gastão Elias foi  eliminado, ao perder com o australiano Alex de Minaur, em dois 'sets'.

Gastão Elias, número dois português, 108.º do mundo, foi incapaz de repetir a presença na segunda ronda do ano passado e foi batido pelo jovem australiano, de 19 anos e que recebeu um convite da organização, por 6-3, 6-1, em uma hora e 27 minutos.

Alex de Minaur, 111.º da hierarquia mundial, vai jogar com o britânico Kyle Edmund, terceiro cabeça de série e que ficou isento da ronda inaugural.

Perante um público verdadeiramente entusiasta, Pedro Sousa, 143.º do mundo, no primeiro encontro do quadro principal, precisou de duas horas e 45 minutos para afastar o francês Giles Simon, 70.º, por 6-3, 4-6, 7-6 (7-4), avançando pelo segundo ano consecutivo para a segunda ronda.

O português, que recebeu um convite da organização para estar no Clube de Ténis do Estoril, vai jogar com quem vencer do encontro entre o compatriota João Sousa e o russo Daniil Medvedev, oitavo cabeça de série.

Frederico Gil volta a cair na fase de qualificação

O tenista português Frederico Gil foi hoje eliminado na segunda e última ronda da fase de qualificação para o Estoril Open, ao perder com o norte-americano Tim Smyczek, primeiro cabeça de série.

Finalista do único torneio português do circuito ATP em 2010, então com outra organização e no Jamor, Frederico Gil, 445.º do mundo, foi derrotado por Smyczec, 123.º, por 6-4, 6-2, em uma hora e 14 minutos.

O tenista português, de 33 anos, não disputa o quadro principal de um torneio ATP em Portugal desde 2012.

Ainda em prova na derradeira fase de qualificação estão João Domingues e João Monteiro, que se procuram juntar a João Sousa, Gastão Elias, Pedro Sousa e Frederico Silva no quadro principal.

Fotos: Millennium Estoril Open