João Sousa consegue apuramento inédito na sua carreira para as meias-finais do Estoril Open

O português João Sousa apurou-se hoje para as meias-finais do Estoril Open em ténis, ao eliminar o britânico Kyle Edmund, terceiro cabeça de série, em três 'sets'.

Para chegar pela segunda vez às meias-finais de um torneio ATP este ano, João Sousa, 68.º do mundo, precisou de uma hora e 27 minutos, para afastar o número um britânico e 23.º da hierarquia, por 6-3, 1-6, 6-0.

O número um português nunca tinha atingido as meias-finais de um torneio ATP em Portugal, tendo como melhor resultado os quartos de final em 2012, quando a prova ainda se disputava no Jamor e tinha outra organização

Nas meias-finais, João Sousa vai defrontar o grego Stefanos Tsitsipas, 44.º do 'ranking', com quem nunca jogou.

O último português a atingir as meias-finais de um torneio ATP em Portugal tinha sido Frederico Gil em 2010, ano em que atingiu a final.

No final do encontro, o tenista português mostrou-se satisfeito com o rendimento apresentado e agradeceu o apoio do público.

"No terceiro set soube reagir a um segundo set menos conseguido. Senti-me a jogar bem depois de um primeiro set com um nível a um nível muito alto, a fazer um break a num momento cirúrgico, e a verdade é que depois de um segundo set em que as coisas não correram tão bem consegui reagir e no terceiro set acabei por ganhar 6-0. Senti-me bem e o apoio do público foi incrível. Fizeram com que acreditasse que podia ganhar", disse João Sousa.