Soraia Chaves e Pedro Almendra protagonizam 'A Disputa' de Marivaux nos jardins do Palácio de Queluz

A peça de teatro "A Disputa", de Marivaux, estreia no sábado, 13 de julho, às 21h30, nos Jardins do Palácio Nacional de Queluz. A obra do dramaturgo do século XVIII, traduzida por Maria João Brilhante, tem encenação de João Reis e conta com interpretações de Pedro Almendra e de Soraia Chaves, entre outros. A Cascata das Conchas é o cenário que acolhe as apresentações, que se prolongam até dia 21 de julho.

Os Jardins do Palácio Nacional de Queluz que, no passado, foram palco de vários espetáculos teatrais que animaram as noites de verão da corte portuguesa, voltam a acolher uma peça de teatro que convida a uma viagem no tempo até ao período barroco e, também, a uma reflexão acerca de um tema eterno: quem terá, em primeiro lugar, sido infiel e inconstante no amor - os homens ou as mulheres? Para verem resolvida esta questão, um Príncipe e a sua Dama, Hermianne, assistem a uma experiência iniciada anos antes, na corte. É este o mote para "A Disputa", uma das numerosas comédias escritas por Marivaux, o mestre francês do teatro da máscara e da mentira.

Sobre o facto de levar esta peça à cena neste Monumento Nacional, João Reis afirma: "o Palácio Nacional de Queluz, uma das referências simbólicas do estilo rococó em Portugal, afigura-se-nos como cenário ideal para a recriação de uma das peças mais importantes da vasta biografia de Marivaux, autor consagrado do século XVIII." A respeito do enredo da peça, o encenador lança, ainda, uma interrogação: "num território tão vasto e antigo como a Humanidade, onde tudo acontece e se consome a uma velocidade vertiginosa - no deslumbramento, na entrega, na separação, no renascimento do amor e das suas fantasmagorias, num jogo de palavras e tensões absolutamente deliciosas - será justo admitir que a natureza dos dois sexos se iguala entre vícios e virtudes?"

O estilista Nuno Baltazar assina os figurinos da peça, cujo elenco é constituído por Pedro Almendra, Soraia Chaves, Diana Sousa Lara, Laurinda Chiungue, Bernardo Beja, Ana Pessoa, Luís Simões, Alice Coelho, Daniel Martinho e João Teixeira.

O espetáculo, promovido pela Parques de Sintra, integra-se na sua missão de revitalizar o património sob sua gestão através da recuperação das suas vivências passadas, colocando essas experiências ao alcance de todos. A produção está a cargo de O Lince Viaja.

Os bilhetes custam 15 euros e estão à venda nos locais habituais, ou online.